© 2018   UNA CONSULTORIA  EMPRESARIAL 

todos os direitos reservados

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
Buscar
  • Suelen Tremarin

7 Dicas Práticas para Controlar o Fluxo de Caixa da sua Empresa


1 - Registre e categorize todas as movimentações


Seja qual for o valor gasto ou recebido, é muito importante registrar todos eles. Dessa forma, você pode organizar as contas da maneira correta e evitar o desperdício de dinheiro. É essencial separar tudo em categorias diferentes, para que seja mais fácil identificar os principais tipos de gastos e receitas e de onde eles vêm. Não vale colocar apenas “gastos” e “ganhos”, pois assim você não saberá como usou os recursos e nem a origem dos rendimentos.


2 - Verifique o fluxo de caixa diariamente


Fazer um acompanhamento diário da movimentação do fluxo de caixa ajuda a evitar surpresas. Afinal, esse processo permite que você possa se planejar e, como consequência disso, prever situações complicadas e tomar atitudes antes mesmo que elas aconteçam. Dessa maneira, a gestão financeira do seu negócio fica sempre segura e saudável.


3 - Planeje e gerencie o estoque


Na maioria das vezes, seu estoque é um capital que não rende juros nem gera renda, ou seja, é um capital imobilizado. No entanto, o dinheiro investido nele pode impedir que você aproveite outras oportunidades mais lucrativas para sua empresa. Algumas perguntas, como “qual é o valor do seu estoque hoje?” e “qual é o limite máximo e mínimo do seu estoque?”, ajudam você a entender o nível de controle que tem sobre ele e quais decisões pode tomar para não ter prejuízos.


Um estoque bem controlado ajuda a mostrar quanto e quando comprar para suprir seu contingente de produtos. Logo, ao fazer esse controle, você sabe como acrescentar investimentos e gastos no seu fluxo de caixa.

4 - Pense em longo e em curto prazo


Por meio do fluxo de caixa é possível fazer uma projeção média para todo o ano. Com ele, você pode avaliar diferentes cenários e já se preparar para as mais diferentes adversidades. Portanto, estipule seus gastos e ganhos também no fluxo mensal. Assim, no fim do mês, compare o que você planejou com o que foi realizado. Dessa forma, é possível saber quais foram as despesas inesperadas e como fazer para evitá-las no futuro.


5 - Avalie seu capital de giro e seja realista


Você já parou para verificar se obteve o retorno desejado com a venda de seus produtos ou serviços? Pode ser que seja a hora de renegociar contratos com os seus clientes e cobrar um pouco mais pelo que você oferece ou até mesmo focar seus esforços naquilo que vai garantir mais retorno financeiro. Por isso, é tão importante acompanhar o seu fluxo de caixa e fazer avaliações periódicas para ver se o negócio está realmente andando como o planejado.


6 - Determine padrões de crédito para seus clientes


Antes de definir padrões de crédito para os seus clientes, é preciso entender que há duas situações possíveis e que precisam ser avaliadas para saber qual caminho é mais vantajoso para o seu negócio. Uma é quando as exigências são baixas. Isso quer dizer que você tem muitos consumidores qualificados para comprar e as vendas sobem rapidamente, mas em contrapartida é necessário ter um estoque alto de produtos para atender ao público. A outra é quando as exigências são altas. O número de pessoas com crédito qualificado para comprar seus produtos diminui e, consequentemente, as vendas também. Por isso, avalie bem qual dessas duas situações é a mais benéfica para a sua empresa e, então, planeje as ações com cuidado, deixando tudo preparado para qualquer situação que possa aparecer.


7 - Conte com a ajuda de um sistema de gestão financeira


Apesar de ser possível fazer o fluxo de caixa em uma planilha, existem sistemas específicos e automatizado para este fim. Portanto, contar com um software de gestão é uma maneira de deixar o seu trabalho mais prático, seguro e preciso. À medida que você usa o sistema, as informações são mantidas em segurança e podem ser acessadas de qualquer lugar. Mais do que otimizar seu dia a dia, um software de gestão ajuda você a visualizar as movimentações financeiras e fugir do prejuízo.


Como fazer um fluxo de caixa eficiente


Mesmo com todas essas dicas você ainda tem dúvidas de como elaborar um fluxo de caixa eficiente? Entre em contato conosco através do nosso e-mail contato@unaempresarial.com.br e nós ajudamos a você a montar e entender essa grande ferramenta financeira. Assim, você e a sua empresa saberão como tirar o melhor proveito das situações para aumentar a lucratividade do seu negócio.

2 visualizações