Buscar
  • Suelen Tremarin

Organização financeira: 4 dicas para colocar as contas em ordem

Atualizado: 17 de Dez de 2018

Cortar gastos e poupar dinheiro pode ser um sofrimento se você fizer isso sem planejamento.

Organizar-se financeiramente é uma questão de implantar novos hábitos na rotina. Para te ajudar nessa complicada tarefa, preparamos algumas dicas. Confira!

1. Gaste menos do que ganha e mantenha a organização financeira


O primeiro passo para melhorar sua organização financeira é gastar menos do que recebe. Para atingir esse objetivo, a principal dica é manter uma planilha para controle de gastos, anotando todas as despesas do mês e como elas foram realizadas (cartão de crédito, débito ou dinheiro).


Com isso, você estará pronto para iniciar um orçamento anual, com todas as suas despesas previstas, como IPVA, IPTU, escola e demais gastos fixos.  


2. Elimine suas dívidas


Antes de guardar dinheiro é importante eliminar suas dívidas. É essencial fazer uma organização financeira para que as dívidas sejam quitadas. Para eliminá-las, siga esses passos:


1. Liste suas dívidas;

2. Entre em contato com os credores para saber o valor atual para pagá-las à vista;

3. Faça uma contraproposta com base nesse valor, calculando juros menores e um prazo mais longo de financiamento para que as parcelas caibam no bolso;

4. Se tiver dinheiro guardado, pague à vista;

5. Não faça novas dívidas.


3. Monte um fundo de emergências


Ter um fundo de emergência capaz de cobrir suas despesas por algum tempo caso haja um imprevisto é essencial para manter sua organização financeira. Se você seguir a regra dos 50-15-35 (50% para gastos essenciais, 15% para prioridades financeiras e 35% para manter o seu estilo de vida) e poupar 15% da sua renda por mês, alcançará três salários em menos de dois anos.


É importante também manter esse dinheiro em alguma aplicação que garanta liquidez para que o dinheiro não fique preso e você possa acessar a qualquer hora. A poupança é uma boa opção por conta disso e também por permitir a programação de transferências mensais. Encare seu fundo de emergência como uma conta mensal paga para você mesmo.


4. Estabeleça metas


Após montar seu fundo de emergência, você está pronto para assumir uma outra prioridade financeira. Qual o seu próximo sonho? Viajar? Comprar um carro? Dar entrada em um imóvel? Estabelecer metas de curto, médio e longo prazos ajuda a economizar dinheiro. Uma das melhores sensações é ver seus investimentos renderem em prol de um sonho ou desejo.


Manter uma boa organização financeira para economizar dinheiro pode parecer difícil em um primeiro momento. Mas se lembre de que sempre há uma maneira de reduzir os gastos.


Estipule limites para seu orçamento e, caso necessário, diminua o uso de cartões de crédito e cheques pré-datados. Adquira o hábito de anotar e conferir seus gastos em uma planilha de gastos ou ferramenta de controle financeiro automática para não correr o risco de ver seu dinheiro ir embora no início do mês.


1 visualização

© 2018   UNA CONSULTORIA  EMPRESARIAL 

todos os direitos reservados

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco